Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Little Crushed Heart

Aquilo em que me tornei

Aquilo em que me tornei

Little Crushed Heart

08
Nov17

Episodio #9


Hikarry

No meu dia a dia não costuma acontecer nada de interessante, mas isso não foi o que se passou à uns dias atrás. 

Passo a relatar:

À uns dias atrás, estava eu sozinha a voltar para casa, na minha terra, às escuras, muito calma e cansada, quando vejo um homem gordo. Não consegui-a ver a cara dele porque estaca contra a luz, mas parecia-me o meu avó. Cabelos brancos, estatura média. Sim, era ele. Abri a goela e gritei:

- Olá avô!

Quando o homem se aproxima e eu, finalmente, consigo ver a cara dele...qual não foi o meu espanto quando aquele homem era um sujeito random da rua que eu nunca tinha visto mais gordo...Que pena não ter um buraco para me esconder.

 

08
Out17

Episodio #7


Hikarry

O meu único irmão é um gaiato com pouco mais de uma década. Agora que entrou na adolescência, as coisas começam a ficar mais ou menos complicadas. Ele tanto é fechado como é irrequieto, responde mal tanto quanto é adorável. Eu gosto muito do meu irmão, ele já me ajudou muito por esta fase difícil, mas se há uma coisa em que divergi-mos, essa coisa é o estilo musical que gostamos.

Eu sou uma miúda do Rock clássico, punk e pop assumida. Ando com casacos estilo Michael Jackson e Elvis Presley pela rua sem me preocupar com os olhares um pouco surpreendidos; a minha playlist é praticamente à volta de Queen até Panic at the Disco.

O meu irmão é...um rapaz do funk. Isso mesmo, do funk brasileiro e da musica popular portuguesa. Ninguém cá em casa gosta de funk para além dele e, ultimamente, ele tem tido a mania de por as colunas do computador no volume máximo com funk quase a rebentar o telhado - sendo que ele tem uns fones de ouvido.

Já que ele se recusa a ouvir as suplicas da minha mãe, avó e minhas; lá tenho eu que arranjar uns fones para mim para isolar o som.

03
Out17

Episodio #6


Hikarry

Já à uns dias eu e o meu pai fomos aos chineses ver de uns ténis para o meu irmão. Passamos na parte das almofadas e uma sessão delas não tinha preço.

Lá se saiu ele com o "É grátis!". A sério? Ainda usam isso? Okay, eu uso sem reparar, mas...Fonix que isso é velho!

17
Set17

Episódio #5


Hikarry

Ontem fui colocar o aparelho espaçador na boca e isto tem sido uma tragédia, de modo que desaprendi como se fala e como se engole.

Bem, só posso comer - se conseguir, porque está difícil - coisas moles e pequenas, então o meu pai foi a um supermercado cujo o nome começa por L e acaba em Idl e comprou-me uns cereais que são fibras de qualquer coisas.

Consegui comer? Com muito esforço e muito devagar, mas foi.

E, quando estava no tal sitio, viu lá uma secção de roupa e lembrou-se que no inicio deste mês eu lhe tinha pedido umas calças pretas, porque não tinha nenhumas e a maioria da minha roupa é preta.

Ligou-me a perguntar qual era o meu numero e eu lá disse um que pensava que era, porque não comprava calças à meses. As ultimas que comprei eram 46, pedi-lhe o numero 42.

Quando chegou a casa - porque eu fiquei em casa - experimentei as bem ditas e estavam perfeitas, tanto de comprimento - porque sou baixinha - como na cintura.

Não imaginam como fiquei feliz, se há coisa que detesto é experimentar roupa em lojas, especialmente calças e desta vez safei-me. São menos umas!

11
Set17

Episodio #4


Hikarry

Hoje lembrei-me da minha ex melhor amiga e pela razão que ela deixou de o ser.

Ela tinha a bela mania de: se eu precisava dela, eu ia a casa dela; se ela precisava de mim, eu ia a casa dela. Não tinha a destreza para levantar o rabo do sofá e ir a minha casa, sendo que moramos praticamente uma ao lado da outra.

Se eu precisasse dela e não fosse lá, olha, era uma pena, ficava como estava e ela não se importava.

Detesto esse tipo de gente que adora receber ou que os outros lhe façam coisas enquanto detestam dar.

Não estou a dizer que se deve fazer as coisas à espera de algo em troca, mas dar o braço a torcer não faz mal nenhum.

09
Set17

Episódio #3


Hikarry

Hoje acordei cedo - por motivos de: dentista - e fui ver televisão para a sala. Acabei por parar no Fox Comedy a ver American Dad em um episódio em que o filho do casal principal finge estar doente para não ir à escola e lembrei-me de algo parecido que eu já fiz. 

Eu já fingi estar com dores só para ir para casa e não ter aula de educação física...à 2 anos atrás.

03
Set17

Episódio #2


Hikarry

Estou numa pilha de nervos; tenho as mãos a tremer e o coração colado à garganta.

Por impulso, não sei se fiz uma grande asneira - que me vai levar a mais uma noite de choro e uma semana de cão - ou se fiz uma boa coisa e vou poder dormir com um pequeno sorriso nos lábios depois de tanto tempo, mesmo que seja só por uma noite.

A verdade é que tenho medo. Desligo a internet do meu telemóvel para não ouvir o barulho das notificações e ponho um horário na minha mente para quando chegar esse tempo, eu me obrigar a mim própria a ter alguns "tomates" e enfrentar a coisa.

Já fiz isso uma vez e nada da notificação que eu estava à espera. Lá vou eu esperar mais uma horas com o coração nas mãos.

 

31
Ago17

Episodio #1


Hikarry

Ainda não sei muito bem o que está rubrica vai ser, mas podem ter a certeza que não vai ter nada a ver com episódios de alguma séries conhecida.

Possivelmente vão ser pequenas curtas do meu dia a dia como coisas estranhas ou assim, não tenho a certeza, como já disse, mas vamos lá embora.

Apercebi-me que estou a envelhecer quando adoro falar sobre política e assuntos do pais com o meu pai à mesa em vez de contar os minutos para sair da mesa e ir ver os bonecos. As mudanças são estranhas e nada subtis. 

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Segue-me

Posts Mais Comentados

Também estou aqui:

@captain_hikarry

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Fotos:

Copyrighted.com Registered & Protected 
VYMC-IYQS-LLMW-YWIB