Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Little Crushed Heart

Aquilo em que me tornei

Little Crushed Heart

Aquilo em que me tornei

2 meses (e 6 dias)!

Há 2 meses - e 6 dias -atrás, nasceu este pequeno cantinho a partir da mente de uma pequena - em todos os sentidos - rapariga deprimida - que ainda se encontra nesse estado - e com pensamentos a mais. 

O nome do blog era como eu me sentia no momento e como ainda hoje me sinto, mas atribui este nome aqui ao meu cantinho com a esperança de um dia o mudar e voltar a estar com o amor da minha vida, o que é praticamente impossível.

 

Este blog era e é um pequeno diário para onde eu escrevi quando me sentia em pânico, desesperada, sem esperança - o que, aliás, é como me sinto todos os dias.

Fui escrevendo...escrevendo...chorando enquanto escrevia...tremendo enquanto escrevia, desabafando até aparecer um comentário...e depois outro...e depois outro...e mais outro! E até algumas subscrições! Pessoas muito simpáticas que me davam palavras simpáticas e eram muito acolhedoras neste novo mundo - para mim - da blogosfera.

Já passaram dois meses e já parece que estou aqui à uma eternidade, não que isso seja mau. Estou a crescer devagarinho, ainda não cheguei ao ponto de ser desafiada por outros bloggers, ainda não cheguei aos destaques, mas já atingi o numero lindo de 23 subscritores e eu fico extremamente agradecida por isso.

 Acho que já fiz aqui alguns amigos, pessoas extremamente simpáticas e doces, sempre prontas com umas palavras de incentivo, de apoio. Entendendo, como muita gente que me é próxima deste lado do ecrã não faz, o facto de que nunca desistirei daquela que tem o meu coração à muito tempinho.

Agradeço a todos os comentários e visitas, muito. Sei que sou um bocado repetitiva, mas isso praticamente só acontece quando estou a escrever em pleno estado de pânico, o que me faz arrepender-me de ter escrito aquele texto mais tarde, mas não o apago, porque quem escreveu aquilo também fui eu. O eu desesperado. Embargado em amores pela mulher mais bonita do mundo, a qual que eu espero ter um dia de novo a meu lado, o que é praticamente impossível.

Muito obrigado a todos vocês, amigos. A cada um de vocês. Não sei quanto tempo o blog vai durar, mas espero que ainda dure um bom tempo!

 

2 comentários

Comentar post