Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Little Crushed Heart

Aquilo em que me tornei

Little Crushed Heart

Aquilo em que me tornei

08
Fev19

Nova casa, mau atendimento


Angeline

Já tive dois dias de trabalho. Em ambos, não planeava almoçar, mas graças ao Clark e à Baby Blue, almocei nos dois.

Na quarta feira, fomos a um restaurante novo na cidade; toda a gente falava bem dele e há mais publicidade dele do que vai haver durante as eleições daqui a uns meses aqui pelas ruas.

Bem, cheguei lá e dei logo de caras com o meu ex namorado e com a gangue dele, incluindo aquele moço que sempre que me vê quase que fica com um torcicolo; deveria ter entendido aquilo como um mau pressagio.

A rapariga que nos atendeu foi super antipática, tal como o outro gajo e o próprio dono.

O primeiro prato foi bom, devo confessar e, como gosto de inspecionar novas casas, também pedi o cappuccino e um crepe que tinham na carta.

O crepe demorou 20 minutos a chegar; pedi um crepe pingado com topping de chocolate e kinder bueno; deram-me um crepe normal com açúcar e chocolate em pó com um fino risco de creme de kinder bueno; o mesmo aconteceu com o Clark e a Baby Blue.

Estava cansada do trabalho e não estava para me chatear, mas a Baby Blue chamou o gajo e perguntou-lhe porque trouxeram um crepe normal em vez do que tínhamos pedido e ele disse que "Já não havia topping.", mas, então, se não havia, não era voltar à mesa dos clientes, informa-los disso e perguntar se queriam outra coisa em vez de se meterem a inventar?

Ainda por cima, quando fomos pagar, queriam que paga-se-mos o preço do crepe pingado em vez daquele que comemos. Bitch, what? Aí fui eu que me passei e armei a puta; lá acabou por se resolver o problema.

Sobre o cappucino: Como já deixei muito explicito, sou amante de cappucino.

Colocaram-me um copo à frente (meia hora depois do crepe) que tinha 70% de espuma e só o resto é que era cappuccino. Tive que andar a esgravilhar na espuma até encontrar uma passagem para o cappuccino com a colher. Ah! A colher! Sim, deram-me uma colher, mas cadê o açúcar? Não havia.

Fui pedir ao balcão; a gaja atirou-me com dois pacotes para cima do balcão e voltou à vidinha dela....okay...cabra.

Numa rápida inspeção aos armários, vi uma daquelas caixas de cappuccino instantâneo; queridos, se quisesse beber disso, tinha em casa e não tinha que pagar um euro e meio por ele.

Resumindo: Só volto aquele sitio se quiser comer outra bifana ou estrangular alguém.

 

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Avisos

As reviews de livros, filmes, séries e afins podem conter spoilers. Comentários ofensivos ao blogger ou a outros ou de mau carácter em geral serão eliminados.

Calendário

Fevereiro 2019

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

A ler...

Mensagens