Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Little Crushed Heart

Aquilo em que me tornei

Little Crushed Heart

Aquilo em que me tornei

31
Mar19

Estou doente


Hikarry

A minha cabeça doí, a minha garganta doí, mal consigo falar, se assoar o nariz mais uma vez juro que ele cai e mal consigo respirar. Acordo a meio da noite com o som da minha própria garganta aflita por "sugar" algum ar para dentro dos pulmões. Assim não dá.

 

30
Mar19

Relax & Enjoy


Hikarry

Na terça o trabalho acabou rápido e, quando dei por mim, já era hora do almoço. Peguei numa embalagem com morangos e um colharfo (uma colher garfo ou pelo menos assim eu o batizei) e fui para a caixa de uma das minhas colegas pagar.

Aquela senhora é um amor de pessoa, tanto que toda a gente a adora, toda a gente quer ir para a caixa dela e estar à conversa e ninguém se chateia se ela erra ou se está a demorar mais tempo. Quando há campanhas (para vender revistas, por exemplo) ela consegue vender 8 em 1 hora enquanto eu vendo 7 em 4 horas em dias bons.

Voltando com o fio à meada; quando ela me viu a chegar com os morangos, ela perguntou logo:

A: Só vais comer isso?

H: Sim. Ou emagreço a bem ou emagreço a mal.

A: Vais conseguir passar o dia inteiro com isso?

H: O corpo que coma a própria gordura que eu não estou para estar a meter mais nada cá para dentro.

Peguei na minha mochila e dirigi-me ao parque que fica a uns 10 minutos (no máximo) do meu trabalho. Cheguei lá e uns miúdos estavam a jogar no campo...okay, eu não tinha que passar por eles para ir para a parte das mesas, então na boa.

Eu estava relaxada até avistar um grupo de marmanjos da minha idade sentados mesmo à porta do parque. A ansiedade começou a aumentar, mas eu acelerei o passo e cheguei até às mesas. Foram 40 minutos de paz até a Baby Blue chegar.

Na quarta não tinha nada para fazer, então abri o Duolingo e pus-me a treinar o meu francês quando um exercício me saí com esta:

Adoro quando os próprios sites me conheces.

Ainda nesse dia, fui almoçar com o Clark. Ele queria comer um hambúrguer e eu andei até lá rezando para que houvesse lá algo saudável para comer...zero, nicles. Lá foi a minha fase fit com o caraças e só começou na terça...pelo menos voltou na quinta.

 

29
Mar19

A Seleção


Hikarry

Nunca liguei muito a futebol, não sou daquelas pessoas que fica colada ao ecrã quando há jogo...a não ser que seja a seleção a jogar; aí sim, até ligo a Antena 1 para ouvir o relato e sofro com o Nandinho com os pasteis com pernas que temos na seleção. 

Acho que vou parar de ver futebol e dedicar-me ao futsal, pelo menos manda-mos mais cartas nisso.

 

28
Mar19

Estou meio cega


Hikarry

Ontem fui ao oftalmologista.

Na semana passada tinha ido ao medico de família tratar de montes de coisas (vou ter que lá voltar na semana que vem se conseguir porque isto está mau) e uma delas era ir buscar o atestado medico para começar a tirar a carta.

Só fiz o teste de visão e o médico disse logo que não me dava com o seguinte argumento: És tão cega que se eu fosse a passar numa passadeira (e eu sou gordo) tu atropelavas-me. 

Bem, é justo.

Ontem ficou comprovado que estou mesmo cega. Para além de no espaço de 1 ano ter aumentado uma diometria, apanhei estigmatismo no olho esquerdo. 

Bem, aos 30 anos já não devo ver nada.

 

27
Mar19

Boa ação ou estupidez?


Hikarry

Mal sai do carro à porta do trabalho, uma senhora parou-me a perguntar-me se eu queria comprar-lhe meias. 

Eu avisei-a que ia trabalhar dai a 15 minutos e ainda tinha que vestir a farda, mas que lhe podia comprar algo para comer se ela estava com fome, mas ela disse que apenas precisava de uns comprimidos. Perguntei-lhe quais e ela disse que o farmacêutico já sabia. Fomos as duas lá e eu perguntei o preço; como era barato eu comprei-lhe os comprimidos, mas ela começou a esticar a corda e pedir para eu também lhe comprar um pacote de fraldas para o bebé. 

Nisto já tinham passado 10 minutos e eu ainda tinha que vestir a farda, picar entrada e abrir a caixa em 5 minutos...não o fiz, tanto por essa razão como porque senti que ela estava a abusar. O típico proverbio: Quando da-mos a mão, querem agarrar o braço inteiro.

 

Pág. 1/6

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Dr. Doutor

    Eu tive aulas de inglês com os alunos de Desporto....

  • green.eyes

    Felizmente somos todos diferentes.

  • Sweetener

    Há uma tendência natural para desvalorizar. Fui al...

  • omeumaiorsonho

    Eu segui ciêntifico os Natural e espalhei me no 12...

  • Isa Nascimento

    Atualmente, nas escolas secundárias, há uma convic...

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D