Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Little Crushed Heart

Aquilo em que me tornei

Little Crushed Heart

Aquilo em que me tornei

As minhas séries favoritas

Neste post, eu disse que andava a acompanhar 22 séries mas, é óbvio, que entre essas séries todas eu tenho algumas favoritas e eu vou falar delas hoje.

Não vou falar daquelas que já acabaram e eu já vi os episódios todos, só as outras.

Então vamos lá!

1. Orange is the New Black

Comecei a ver esta série em 2016 e até hoje é uma das minha favoritas. Já falei sobre ela antes e não a podia deixar de fora desta vez, não fosse está a serie que traz a parte mais lésbica da rapariga bissexual que vos fala e que me apresentou a lésbica mais bonita que já pisou a face da terra: Ruby Rose.

2. Criminal Minds

Eu sei, eu sei, eu não me calo com esta série, mas como me calaria? Tem o equilibro certo entre humor e drama. Tem serial killers. Tem o Dr. Reid e a JJ. Tem sangue e psicopatas. Para uma rapariga que passa a maior parte do seu dia a ver documentários e vídeos sobre pessoas desaparecidas e serial killers há algo melhor? Por favor, não chamem a policia...

3. How I Met Your Mother

Outra série sobre a qual eu passo a vida a falar aqui...mas como não?

Tem o Nell Patrick Harris! Final da discussão.

4. Rick and Morty

Pode ser desenho animado, mas dá para miúdos, graúdos e eu, uma adolescente que faz anos daqui a 3 dias - se a matemática não me falha - e vai se tornar, oficialmente, adulta, por isso é uma especie de adulcente.

É super engraçado e super psicadélico e...sei lá...PICKLE RICK!

5. Supernatural

Andei durante anos na ronha de começar a ver esta série e agora que estou a ver, não consigo parar! E isto tem temporadas que nunca mais acabam! E gente gira que nunca mais acaba! E anjos e demónios e cenas alucinadas que nunca mais acabam! Podia ser de terror? Podia, mas há uma fina linha que separa terror e esta série.

Como estão habituados, eu só dou boas dicas - feel the irony -, mas, se não gostarem da historia, pelo menos ficam a conhecer gente gira 

4 comentários

Comentar post