Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Little Crushed Heart

Aquilo em que me tornei

Little Crushed Heart

Aquilo em que me tornei

21
Jan19

Casos misteriosos: A morte da noiva #8


Hikarry

Demorou? Demorou, mas estamos de volta.

No dia 20 de maio de 1947 o corpo de Christina Kettlewell (21 anos) foi encontrado a 45 metros da casa de campo onde ela estava a passar a sua lua de mel debaixo de 22 centímetros de água na margem de um rio em Severn Falls (Ontário, Canada). 

Antes do casamento, Christina era conhecida como Christina Mocon, vivia em Mimico (Ontário, Canada) e trabalhava num banco onde todos a descreviam como uma boa trabalhadora .

A 12 de maio de 1947 ela fugiu com John Ray Kettlewell, um veterano de guerra de 26 anos mais conhecido como Jack, depois de um relacionamento de 3 anos. 

John tinha um melhor amigo chamado Ronald Barrie, um imigrante italiano de 28 anos que trabalhava como dançarino profissional e é dito que os três passavam muito tempo juntos. 

A irmã de Christina, Helen, disse que todos pensavam que o Ronald estava apaixonado pela irmã.

O casal passou os próximos dias depois da fuga num apartamento em Toronto na Tindle Avenue. 

Depois do casamento, a 17 de maio de 1947, os três foram para Severn Falls para a casa de campo de Berrie (que era apenas acessível por barco) onde passaram (os três juntos) a lua de mel. 

Durante a lua de mel, é dito que Christina começou a agir de forma estranha, tendo crises de choro aleatoriamente enquanto na maioria do tempo ela parecia atordoada. Evidencias dizem que Christina tinha tido conversas com Ronald sobre se Jack a amaria de verdade ou não. 

No dia 20 de maio, Christina desapareceu da casa no mesmo dia em que a casa pegou fogo. Ronald voltou para a casa e encontrou Jack completamente desorientado sentado junto da casa com um ferimento na cabeça e carregou-o às costas para longe das chamas. 

Com Jack a salvo, ele voltou para a casa para procurar a Christina, mas ela não estava em lado nenhum. Segundo Ronald, a casa ardeu completamente em apenas uma hora.

Ronald levou Jack de volta a "terra firme" para encontrarem um carro e leva-lo ao hospital enquanto chamava a policia.

Seria naquela tarde que um vendedor de barcos da área (Neville Sweet) encontraria o corpo de Christina. O corpo não tinha qualquer queimadura nem sinal de violência. Uma autopsia encontrou codeína (uma droga usada para aliviar as dores) no estômago dela, mas a causa de morte teria sido afogamento. 

O Major Lawrence Scardifield, que ajudou a apagar o fogo da casa, disse que não viu o corpo de Christina em lado nenhum quando ele foi buscar água ao rio para ajudar com as chamas apenas umas horas antes.  

Jack foi interrogado por 3 horas depois de ter tido alta do hospital onde disse que não se lembrava de nada do que aconteceu depois das 11 da manhã no dia da morte de Christina.  

Ronald foi interrogado durante 13 horas.

No dia 19 de Junho começou o inquérito à a morte de Christina. O publico encheu a sala de julgamentos por completo e a escadaria do tribunal, sendo que algumas pessoas pediram autógrafos a Jack e Ronald, os principais suspeitos. 

Jack e Ronald não estavam a ser julgados por assassinato, apenas estavam ali para se tentar perceber se aquela morte tinha sido um crime ou não, mas o júri não conseguiu decidir. 

Muitas pessoas pensam que Christina tinha alguma doença mental e se tinha suicidado, sendo que vários bilhetes de suicídio escritos antes da sua morte foram encontrados durante a investigação. O primeiro bilhete foi escrito no domingo de pascoa antes do seu noivado e 5 semanas antes do seu casamento sendo o destinatário Ronald. No bilhete ela diz que tentou envenenar-se e diz que ela estava incerta se Jack a pediria em casamento e que aquela seria a melhor forma de parar com o sofrimento porque ela não aguentaria ver Jack com outra mulher. 

Ela escreveu outro bilhete no fim de Abril, sendo o destinatário Ronald outra vez, onde ela deixava evidente que ela não só queria se matar, mas matar Jack também. No bilhete lia-se:

Quanto tu amas alguém e eu sei que realmente o amo, e eu também sei que não há outro para mim sem ser o Jack, e se eu não o posso ter, eu não vou deixar que outra pessoa o tenha...Eu esperei na esperança que Jack me fosse pedir em casamento, mas agora eu percebo que não sou nada para além de uma fantasia passageira. 

O ultimo bilhete foi escrito no dia anterior à sua morte, sendo o destinatário uma Sr. Thomas que era dona de uma casa onde Jack e Christina tinham ficado durante algum tempo. Quando ela terminou o bilhete, ela pediu a Ronald que ele envia-se o bilhete onde se lia:

Ronie está num barco algures. Quando ele voltar já tudo vai estar terminado. Ele deve estar com medo que algo aconteça porque ele vai ficar mais um dia para ter certeza que nós voltamos para Toronto com ele.

Todos os bilhetes foram analisados por um especialista em caligrafia que afirmou que aquela era a letra de Christina. Ronald foi quem ficou com todos os bilhetes, mas nunca disse nada ao Jack até o começo da investigação. 

Muitos também pensam que Jack e Ronald não eram nem um pouco inocentes. Numa declaração, Jack afirma ter estado numa relação intima com Ronald por algum tempo, mas, no tribunal, Jack disse que foi manipulado pela policia para fazer essa declaração. C. P. Hope acreditava que Jack nunca tinha sido manipulado mas que, sim, ele e Ronald eram amantes e Jack acabou por admitir depois de Hope o torturar com montes de perguntas.

Três anos depois da tragédia, Jack casou-se com outra mulher e os dois viveram durante um curto período de tempo no mesmo apartamento que ele tinha dividido com Christina. Eles tiveram filhos, mas divorciaram-se no final dos anos 60.  Jack morreu em 1998.

Ronald mudou-se para Nova York em 1956 e nunca mais ninguém soube dele.

 

5 comentários

Comentar post

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Nuno

    Pois era! :)

  • Hikarry

    Uma boa comédia diária

  • Hikarry

    Ahah é espantoso o que se encontra por ai!Obrigada...

  • Hikarry

    Rir? Certamente. Também acho que é para isso que s...

  • Hikarry

    Olha que isso é que era uma ideia de valor!

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D