Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Little Crushed Heart

Aquilo em que me tornei

Little Crushed Heart

Aquilo em que me tornei

06
Jun19

Casos Misteriosos: O Fantasma do Hollywood Sign #15


Hikarry

Millicent Lilian Entwistle, mais conhecida como Peg Entwistle, era atriz, nascida a 5 de fevereiro de 1908 no Pais de Gales, Reino Unido.

Nunca se soube muito sobre a infância de Peg, excluindo o facto de que a sua mãe morreu enquanto ela era ainda muito nova e o seu pai acabou por se casar novamente, tendo mais dois filhos durante esse casamento. O pai de Peg morreu ao seu atropelado quando ela era ainda uma adolescente.

Antes da sua morte, o seu pai tinha mandando os seus filhos mais novos viver com um tio na Califórnia enquanto Peg ficava em Nova York (sitio onde eles residiam na altura).

Depois da morte do pai, Peg tornou-se numa jovem deprimida e encontrou conforto nos palcos, subindo rapidamente na carreira e parando na Broadway com apenas 17 anos.

Com o passar do tempo, o sucesso e a fama começaram a desaparecer; era extremamente dificl para ela arranjar papel numa peça e quase todas as peças em que ela participavam eram um fracasso, então ela desistiu dos palcos Nova-iorquinos e dirigiu-se a Hollywood.

Em Hollywood foi igualmente, se não mais, difícil para ela arranjar um trabalho, mas ela acabou por ser convidada a participar num filme chamado 13 Women. O filme foi gravado, mas na edição cortaram a participação dela para quase zero, tirando o seu estrelato de uma das personagens principais do filme para uma rapariga que aparecia algures durante três minutos. 

Peg voltou à estaca zero sem conseguir arranjar um trabalho e a depressão, que ela pensava que lentamente se estava a curar, voltou com força. 

Em 16 de setembro de 1932, ela estava com o tio (com o qual moravam os outros irmãos) e disse-lhe que iria a uma loja encontrar-se com alguns amigos. 

A 18 de setembro do mesmo ano, uma turista estava a andar perto do sinal de Hollywood quando viu um sapato de mulher e uma mala no chão. Ela abriu a bolsa, em busca de alguma documentação de quem poderia ser o dono, mas deparou-se com uma carta de suicídio e o corpo de uma mulher uns metros mais à frente. 

A nota de suicídio dizia o seguinte:

Tenho medo. Sou uma cobarde. Desculpem por tudo. 

Se eu tivesse feito isto antes, não teria sofrido tanto. 

P. E.

Em vez de ter ido ver os seus amigos, Peg foi para o monte onde se encontra o sinal de Hollywood, subiu o H e saltou para a morte. 

Desde o dia da sua morte, já foram feitos montes de relatos de avistamentos do seu espírito a andar perto do sinal de Hollywood, todos muito similares: uma mulher loira com roupas dos anos 30 com um aspeto muito triste e confuso; as pessoas aproximam-se dela para saber se está tudo bem e ela desaparece. 

 

5 comentários

Comentar post

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • bii yue

    Muita boa sorte! Aproveita os melhores anos da tua...

  • Hikarry

    Toda a gente me está a dizer isso e espero que sej...

  • Hikarry

    Ahah Obrigada

  • Hikarry

    Muito obrigada

  • Hikarry

    Muito obrigada Marta Espero que estejas melhor

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D