Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Little Crushed Heart

Aquilo em que me tornei

Little Crushed Heart

Aquilo em que me tornei

Decisão

Se existe neste planeta uma pessoa desorganizada a dar com um pau, essa pessoa sou eu, mas gosto de ter tudo planeado nas minhas famosas listinhas "do que fazer". Uma coisa contraria a outra, eu sei. Tenho necessidade de controlar tudo o que faço - o que é um mau defeito -, mas quando chego à ação, a minha cabeça embrulha-se e fica perdida. Neste momento, estou sem o controlo do que quer que seja; só posso esperar pelo melhor e isso aflige-me. Demais.

Não me arrependo da decisão que tomei na passada quinta feira; vou continuar a lutar, sempre com aquele objetivo na minha cabeça, mas vou libertar-me a mim própria um pouco se não ainda vão dar comigo no Júlio de Matos. Não vou desistir dela, não vou. Só vou organizar a minha vida para continuar a lutar por ela, por mais que seja impossível algum dia a ter de volta; mas não é a palavra "impossível" que vai deitar esta menina a baixo, não senhora!

Tenho que ir com calma. Afinal não consigo dar uma volta de 180º na minha vida de um dia para o outro, por isso estou a ir devagarinho. É normal se lerem um desabafo ou outro mais ansioso por aqui, mas é quando me vou a baixo. Não se preocupem que eu cá só estou a organizar o terreno para lutar por aquela que amo, como os mais antigos aqui do blog já estão fartos de ouvir.