Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Little Crushed Heart

Aquilo em que me tornei

Little Crushed Heart

Aquilo em que me tornei

Episódio #10

Depois de umas longas semanas de estudo interminável, estou de volta.

No passado dia 25 o blog fez um ano - viva! - e eu nem sequer tive um tempinho para vir celebrar.

 

Os últimos dias têm sido quase todos iguais. Revi alguém que já não vi-a à mais de um ano, pessoas param de querer falar comigo, mas ansiedade tem voltado aos poucos, tal como os pensamentos suicidas que tanto tento afastar, mas sem sucesso

Tenho notado uma grande dependência da minha parte perante uma pessoa e isso deixa-me desconfortável. Gostava que não, mas um dia, é possível, que essa pessoa se canse de mim - se é que já não se cansou, porque não fala comigo - e eu não posso ficar assim tão dependente como tenho estado. 

A paranoia é o pior. Penso que só porque ficamos sem falar um dia essa pessoa está a conversar com pessoas que a vão arrancar de mim ou que ela se vai esquecer de mim e afastar-se, sem sentir a minha falta. 

Infelizmente, também tenho sentido os efeitos da depressão a voltar novamente. Estou a viver um deja vu, menos doloroso, mas mesmo assim doloroso.

Isso são coisas com que ando preocupada ultimamente e, como não tenho tido muitas conversas com a minha psicóloga, acabo por guardar tudo para mim e Deus sabe que muita coisa nesta cabeça não é nada de bom.

Também ando constantemente cansada e com sono. Quase que durmo nas aulas e, quando chego a casa, deitar-me é a primeira coisa que faço e nunca me passa pela cabeça levantar-me.

Fiz novos amigos e quão depressa os fiz, quão depressa os afastei. Por causa de me sentir deprimida. Por causa de querer estar sozinha...Sei lá...

Depois que o meu primeiro aparelho se partiu, já coloquei outro à exatamente uma semana. Adivinhem o que aconteceu? O maldito partiu-se de novo e tenho a boca TODA cortada. Neste momento tenho mais cola do que dentes na boca. Mal consigo comer, falo como um bebé retardado...Deus me dê paciência e muita força para passar por isto tudo de novo..

 

2 comentários

Comentar post