Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Little Crushed Heart

Aquilo em que me tornei

Little Crushed Heart

Aquilo em que me tornei

Há sempre aquela pessoa...

...pela qual apanhamos um ranço enorme na escola ou no trabalho, no ginásio, onde for.

Na minha turma há aquela rapariga que se arma em boa. Acha-se superior a toda a gente enquanto praticamente ninguém na sala daria um cêntimo por ela se estivesse à venda.

Os nossos caminhos cruzaram-se no 5º ano e assim foi até ela chumbar. Voltei a reencontra-la quando chumbei e, depois de tantos anos, não mudou nem um bocadinho, pelo contrario, encontrou um braço direito que enche aquele ego enorme que ela tem. Fala com os professores como se tivesse a idade deles e não respeita ninguém e, valha-me tudo, como isso me irrita.

É irónico estar a falar dela hoje, pois nas quartas é o único dia em que não tenho aula com ela, mas eu não aguento mais aquela rapariga. As lembranças que tenho dela e do que ela fez ainda me irritam e me dão vontade de lhe partir a cara e se algum dia ela se lembra de me dirigir a palavra eu não sei se vou conseguir segurar o impulso.

12 comentários

Comentar post