Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Little Crushed Heart

Aquilo em que me tornei

Little Crushed Heart

Aquilo em que me tornei

O meu portal privado para Narnia

Quem me conhece sabe que, se há coisa que eu não sou, é organizada. Quer dizer, parte de mim é organizada e a outra não.

Por exemplo, o meu guarda-roupa e a minha agenda são extremamente organizados enquanto todo o resto na minha vida são o completo caos. O completo portal para a minha Narnia pessoal, sendo esse portal, maioritariamente, localizado no meu quarto.

Quem entrar no meu quarto - sem eu ter sido avisada com antecedência da sua chegada - não vai perceber nada do que se passa ali.

Na minha escrivaninha, a única coisa organizada são o meus livros, todo o resto está onde Deus assim o quis. Na beira da minha cama estão os casacos que eu planeio vestir durante a semana e no chão estão os ténis que eu mais uso e os chinelos com orelhinhas que eu uso a toda a hora quando ando por casa - quando não me apetece andar descalça. Para não falar da mala - aquela das antigas que os velhos tinham para guardar coisas - que é o meu mostruário de malas, mochilas, t-shirts e calças.

Até a minha maquilhagem é uma extrema confusão, pois está literalmente dividida em duas caixas, mas eu entendo-me! Eu compreendo a minha confusão e consigo encontrar tudo o que quero! O pior é quando me arrumam as coisas!

Quando me arrumam as coisas, eu consigo passar horas à procura do maldito do paninho para limpar os óculos!

E depois há o típico "Ó MÃE!" que se segue de um pedido desesperado - ou chateado - por algo que me faz falta e agora está escondido sabe-se lá onde.

Não me vejam como uma pessoa desarrumada - que sou -, eu arrumo as coisas, mas à vista da minha mãe elas estão sempre desarrumadas! 

Aos olhos das outras pessoas, a "arrumação" da minha mãe pode ser o certo, mas para mim, a pessoa que usa as coisas, é como se me estivessem a esconder as coisas.

O meu quarto é uma zona de guerra cá em casa, porque, sim, o quarto faz parte da casa e tem tanto que estar organizado como o resto da casa, mas eu vivo tão bem e tão organizadamente com o meu portal para Narnia.

Eu sei que não sou a única - eu sinto os vossos olhares julgadores -, pois conheço muita gente que chega a ser muito mais desorganizada que eu, mas também conheço gente que é tão perfeccionista que uma coisa está 1mm fora do lugar e elas já estão a passar-se.

Muitas vezes a minha mãe pergunta-me "Filha, não tens vergonha de seres tão desarrumada?".

Mãe, este paragrafo é especificamente para ti: Tenho tanta vergonha que acabei de gozar com o facto de que sou extremamente desarrumada na net.

42 comentários

Comentar post

Pág. 1/3