Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Little Crushed Heart

Aquilo em que me tornei

Little Crushed Heart

Aquilo em que me tornei

22
Out19

Os meus inexistentes talentos


Hikarry

Não me considero uma pessoa de muitos talentos. Se quiser ser honesta, acho que não tenho nenhum para além de dar massagens medíocres e ter a habilidade de tropeçar em mim própria. 

Sou genial o suficiente para acordar e tropeçar no tapete, bater com a anca no bico da secretaria, escorregar no chão da casa de banho, cair das escadas e fazer patinagem na calçada da universidade. Sinceramente, é apenas um dia normal na minha vida.

Eu bem tento não o fazer. Chego a pensar três vezes antes de fazer qualquer coisa, mas, mesmo assim, consigo falhar na maioria.

Também tenho o talento de não saber socializar. Fico sempre com cara de tacho quando alguém desabafa comigo e fica à espera de conforto ou conselhos. Não gosto de ser cliché, por isso prefiro que simplesmente me usem como uma esponja que vai absorver as suas dores e deixar os sofredores mais leves. Sou ótima ouvinte, mas sou péssima a dar conselhos. Não sei consolar uma pessoa; principalmente por mensagem. Frente a frente ainda enxugo lágrimas, dou abraços e beijos, faço carinhos, mas nunca dou palavras. Nas interwebs a impossibilidade de contacto e só tendo palavras como meio tranquilizante não me ajuda nada, mas gosto que desabafem...só não esperem um "Vai ficar tudo bem." de mim porque não vai acontecer, a não ser que eu esteja muito desesperado por ajudar.

Possuo também o talento de ser extremamente sincera. Se me perguntarem se gosto da vossa roupa e eu achar que parecem uns mendigos é precisamente isso que vou dizer. Pode passar por insensibilidade, mas tal como gosto que sejam sinceros comigo, também sou sincera com os outros. Pareço uma bruxa com a maquilhagem de hoje? Digam-me. Não mintam ou estejam com rodeios.

Mais um dos meus talentos é a capacidade de me meter em conversas constrangedoras ou infrutíferas e depois não saber como sair delas. Lá pergunto como está a ser o dia ou o que acham do tempo para preencher o silencio, mas acaba sempre por ficar uma conversa vazia e isso dá-me ansiedade, pois logo penso "Será que sou uma seca?" e é um loop infinito de que nunca consigo sair.

Olha...Afinal parece que ainda tenho alguns talentos.

 

5 comentários

Comentar post

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Vera Tecla

    Está bem.

  • Anónimo

    Hikarry, O meu avatar aparece assim por defeito, n...

  • Hikarry

    Tudo o que disse foi baseado numa senhora de 60 an...

  • Sérgio Gomes

    Tu só não tens liberdade sexual se não quiseres, v...

  • Anónimo

    Se os comentários "machistas" vierem de homens nor...

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D