Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Little Crushed Heart

Aquilo em que me tornei

Little Crushed Heart

Aquilo em que me tornei

29
Mar20

Senso comum


Hikarry

Que há muitas pessoas sem qualquer senso comum e falta de civismo não é surpresa para ninguém. O que eu não entendo é o que leva as pessoas a ter a cabeça no ar de uma tal maneira que param de pensar nos outros e pensam que são os únicos seres no universo. Desde atirar cenas para o chão, não usar fones em sítios públicos, não segurar a porta se alguém vem atrás deles até fazer festas e ir à praia no meio de uma pandemia. São coisas que não me cabem na cabeça. Como no dia em que fecharam a minha universidade por causa do vírus e a malta foi toda festejar para os bares! Qual é a necessidade? Não podem festejar depois, realmente, quando houver um motivo para festejar no fim disto tudo? Mas bem, não estou aqui para falar do vírus. Acho que já chega estarem a falar disso todos os dias nas noticias.

Pelo contrario.

Hoje venho falar de uma coisa muito mais simples.

Pessoas que passam com os carros em cima das poças de água em alta velocidade sendo que há transeuntes na via.

Em Coimbra eu só ando a pé. Raramente peço uber, táxi ou ando de autocarro (até porque me perco sempre). Para ir para casa (seja porque caminho for) eu passo sempre por poças de água gigantescas quando chove torrencialmente e, já não basta molhar-me toda por causa da chuva, há sempre alguém que insiste em encharcar-me mais ao passar com o carro na poça de água mesmo ao meu lado. Não me lembro de quantas vezes cheguei a casa encharcada. Até mesmo à porta de casa, quando eu estava a sair, me molharam toda sendo que aquela rua é só de uma via e não passa lá quase ninguém! Não entendo a pressa. Para não falar da quantidade de maltinha que se lixa para as passadeiras naquela cidade. Eu juro que já cheguei a estar 15 minutos parada numa passadeira perto do botânico porque ninguém se dignava a parar.

Qual é a dificuldade?

Não tiraram bem o código? Está toda a gente com uma emergência em casa? Ou são pessoas que têm o rei na barriga e não querem saber dos outros?

Acho que nunca saberei.

12
Mar20

Pensamentos solitários


Hikarry

Tenho andando um bocado em baixo e não sei porquê.

Será por estar fechada durante duas semanas em casa depois de meterem a universidade em quarentena por causa do tal corona? Será por um motivo subconsciente? Ou será, simplesmente, uma daquelas lufadas depressivas que me atingem aleatoriamente sempre que a depressão (que, embora mais longínqua, sempre aqui continuará) dá ar da sua graça?

Não sei. E acho que nunca vou saber.

Estou aqui sentada e sei que tenho coisas para fazer, mas não encontro a motivação para tal. Só quero ficar aqui, sentada, a olhar pela janela e sem falar com ninguém.

Mas tenho aula pelo Skype daqui a umas horas.

Tenho que me mexer.

 

22
Out19

Os meus inexistentes talentos


Hikarry

Não me considero uma pessoa de muitos talentos. Se quiser ser honesta, acho que não tenho nenhum para além de dar massagens medíocres e ter a habilidade de tropeçar em mim própria. 

Sou genial o suficiente para acordar e tropeçar no tapete, bater com a anca no bico da secretaria, escorregar no chão da casa de banho, cair das escadas e fazer patinagem na calçada da universidade. Sinceramente, é apenas um dia normal na minha vida.

Eu bem tento não o fazer. Chego a pensar três vezes antes de fazer qualquer coisa, mas, mesmo assim, consigo falhar na maioria.

Também tenho o talento de não saber socializar. Fico sempre com cara de tacho quando alguém desabafa comigo e fica à espera de conforto ou conselhos. Não gosto de ser cliché, por isso prefiro que simplesmente me usem como uma esponja que vai absorver as suas dores e deixar os sofredores mais leves. Sou ótima ouvinte, mas sou péssima a dar conselhos. Não sei consolar uma pessoa; principalmente por mensagem. Frente a frente ainda enxugo lágrimas, dou abraços e beijos, faço carinhos, mas nunca dou palavras. Nas interwebs a impossibilidade de contacto e só tendo palavras como meio tranquilizante não me ajuda nada, mas gosto que desabafem...só não esperem um "Vai ficar tudo bem." de mim porque não vai acontecer, a não ser que eu esteja muito desesperado por ajudar.

Possuo também o talento de ser extremamente sincera. Se me perguntarem se gosto da vossa roupa e eu achar que parecem uns mendigos é precisamente isso que vou dizer. Pode passar por insensibilidade, mas tal como gosto que sejam sinceros comigo, também sou sincera com os outros. Pareço uma bruxa com a maquilhagem de hoje? Digam-me. Não mintam ou estejam com rodeios.

Mais um dos meus talentos é a capacidade de me meter em conversas constrangedoras ou infrutíferas e depois não saber como sair delas. Lá pergunto como está a ser o dia ou o que acham do tempo para preencher o silencio, mas acaba sempre por ficar uma conversa vazia e isso dá-me ansiedade, pois logo penso "Será que sou uma seca?" e é um loop infinito de que nunca consigo sair.

Olha...Afinal parece que ainda tenho alguns talentos.

 

20
Set19

A primeira semana...


Hikarry

....acabou eu não sei o que sentir. 

Só ainda tive uma aula e a stora parece ser um anjo; as miúdas da minha casa são umas queridas (excluindo uma que é um falsa do caraças e o gajo que nunca está em casa); reencontrei-me com os meus melhores amigos e outros, fui excluída da malta do curso porque não fui à praxe, por isso fui mais longe e fiz amizade com as doutoras (para a semana vou para o jantar de aniversário de uma doutora e de um veterano). Sinceramente, só fiz amizade com um rapaz do meu curso e confesso que tive uma sorte do cacete.

Esta semana, ao mesmo tempo que pareceu demorar milénios, também passou extremamente rápido e já tenho planos e aulas para a próxima!

Wish me luck!

20
Out18

Vida de estudante


Hikarry

Previsões para os próximos dias:

Estudar, estudar e estudar até mais não.

Vim aqui ao blog para dizer um breve "Olá!" e já vou voltar a enfiar a cabeça nos livros tal avestruz enfia a cabeça na areia.

Queria ir ler um pouco? Queria.

Queria ir ver se o pessoal estava disponível para ir beber uns copos? Queria.

Mas o maldito do Pessoa está a sussurrar-me no ouvido um leve "Vai estudar...Vai estudar, rapariga, que a universidade te espera...".

 

 

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Nuno

    Pois era! :)

  • Hikarry

    Uma boa comédia diária

  • Hikarry

    Ahah é espantoso o que se encontra por ai!Obrigada...

  • Hikarry

    Rir? Certamente. Também acho que é para isso que s...

  • Hikarry

    Olha que isso é que era uma ideia de valor!

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D