Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Little Crushed Heart

Aquilo em que me tornei

Little Crushed Heart

Aquilo em que me tornei

22
Out19

Os meus inexistentes talentos


Hikarry

Não me considero uma pessoa de muitos talentos. Se quiser ser honesta, acho que não tenho nenhum para além de dar massagens medíocres e ter a habilidade de tropeçar em mim própria. 

Sou genial o suficiente para acordar e tropeçar no tapete, bater com a anca no bico da secretaria, escorregar no chão da casa de banho, cair das escadas e fazer patinagem na calçada da universidade. Sinceramente, é apenas um dia normal na minha vida.

Eu bem tento não o fazer. Chego a pensar três vezes antes de fazer qualquer coisa, mas, mesmo assim, consigo falhar na maioria.

Também tenho o talento de não saber socializar. Fico sempre com cara de tacho quando alguém desabafa comigo e fica à espera de conforto ou conselhos. Não gosto de ser cliché, por isso prefiro que simplesmente me usem como uma esponja que vai absorver as suas dores e deixar os sofredores mais leves. Sou ótima ouvinte, mas sou péssima a dar conselhos. Não sei consolar uma pessoa; principalmente por mensagem. Frente a frente ainda enxugo lágrimas, dou abraços e beijos, faço carinhos, mas nunca dou palavras. Nas interwebs a impossibilidade de contacto e só tendo palavras como meio tranquilizante não me ajuda nada, mas gosto que desabafem...só não esperem um "Vai ficar tudo bem." de mim porque não vai acontecer, a não ser que eu esteja muito desesperado por ajudar.

Possuo também o talento de ser extremamente sincera. Se me perguntarem se gosto da vossa roupa e eu achar que parecem uns mendigos é precisamente isso que vou dizer. Pode passar por insensibilidade, mas tal como gosto que sejam sinceros comigo, também sou sincera com os outros. Pareço uma bruxa com a maquilhagem de hoje? Digam-me. Não mintam ou estejam com rodeios.

Mais um dos meus talentos é a capacidade de me meter em conversas constrangedoras ou infrutíferas e depois não saber como sair delas. Lá pergunto como está a ser o dia ou o que acham do tempo para preencher o silencio, mas acaba sempre por ficar uma conversa vazia e isso dá-me ansiedade, pois logo penso "Será que sou uma seca?" e é um loop infinito de que nunca consigo sair.

Olha...Afinal parece que ainda tenho alguns talentos.

 

20
Set19

A primeira semana...


Hikarry

....acabou eu não sei o que sentir. 

Só ainda tive uma aula e a stora parece ser um anjo; as miúdas da minha casa são umas queridas (excluindo uma que é um falsa do caraças e o gajo que nunca está em casa); reencontrei-me com os meus melhores amigos e outros, fui excluída da malta do curso porque não fui à praxe, por isso fui mais longe e fiz amizade com as doutoras (para a semana vou para o jantar de aniversário de uma doutora e de um veterano). Sinceramente, só fiz amizade com um rapaz do meu curso e confesso que tive uma sorte do cacete.

Esta semana, ao mesmo tempo que pareceu demorar milénios, também passou extremamente rápido e já tenho planos e aulas para a próxima!

Wish me luck!

20
Out18

Vida de estudante


Hikarry

Previsões para os próximos dias:

Estudar, estudar e estudar até mais não.

Vim aqui ao blog para dizer um breve "Olá!" e já vou voltar a enfiar a cabeça nos livros tal avestruz enfia a cabeça na areia.

Queria ir ler um pouco? Queria.

Queria ir ver se o pessoal estava disponível para ir beber uns copos? Queria.

Mas o maldito do Pessoa está a sussurrar-me no ouvido um leve "Vai estudar...Vai estudar, rapariga, que a universidade te espera...".

 

 

21
Ago18

Right in the feelings


Hikarry

Bem, estou de férias.

Lisboa está no mesmo sitio.

E assim se vai indo. Um dia assim, outro dia assado - quase literalmente -, mas há coisas que nos marcam.

Eu sou muito esquisita com as musicas que ouço, porque eu presto extrema atenção às letras e tem sempre que haver ali alguma coisa que eu consiga encaixar em mim e esta tem sido a musica das minhas férias.

Tem me perseguido por todo o lado, de modo que lhe apanhei o gosto. 

16
Ago18

Partilhar sorrisos


Hikarry

Eu acho que tenho algumas coisas bem delimitadas na minha vida: lido com as minhas emoções e sentimentos quando estou em casa ou sozinha e quando estou com outras pessoas eu meio que desligo e deixo o piloto automático e o modo "felicidade" ligado. Na pior fase da minha depressão nem isso conseguia e, nos piores dias atualmente, às vezes, também não consigo, mas, no geral, na rua ando sempre bastante feliz.

Okay, se me virem na rua a andar sozinha eu vou estar com uma cara muito séria de macambuzia...é a minha cara. Não estou chateada, não estou numa pilha de nervos, estou, simplesmente, normal. Eu tenho o que chamam agora de "Resting Bitch Face".

Mas quando estou com os meus amigos - quando estou ambientada e à vontade, o que pode demorar um bocado - eu estou sempre muito alegre e simpática, sempre com uma piada e resposta na ponta da língua, onde quer que eu esteja. Seja com a senhora da biblioteca, com o homem que está a limpar a rua, com aquele amigo do meu amigo que eu nunca vi mais gordo, com aquela miúda que tem o cão mais adorável que já vi na minha vida. Sim, não tenho lá grande vergonha na cara quando estou com os meus amigos Acho que chego a ser demasiado simpática às vezes, o que já me levou a levar algumas patadas, mas isso é historia para outro dia.

Eu tento ser o mais simpática possível com toda a gente porque eu detesto quando as pessoas me tratam mal - coisa de menina mimada? Provavelmente. Eu acho que, mesmo que a pessoa esteja a ter um dia horrível, vai ser um bocado complicado ela ser super má contigo se tu fores simpática com ela e, talvez, a tua amabilidade faça o seu dia um pouco melhor.

Falo por mim. Há momentos em que estou a ter dias horríveis e só precisava que alguém fosse simpático comigo, me dissesse algo bom. E eu tento  ser essa pessoa na vida dos outros

É extremamente engraçado quando entramos num lugar e dizemos "Bom dia!" ou agradecemos por um serviço bem restado e a pessoa fica a olhar para nós com uma cara estranha porque não está habituada.

Mas, depois, quando volto a casa, ou arranjo algo com que me distrair, ou estou a remoer os meus próprios mensamentos até ir dormir.

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Dr. Doutor

    Eu tive aulas de inglês com os alunos de Desporto....

  • green.eyes

    Felizmente somos todos diferentes.

  • Sweetener

    Há uma tendência natural para desvalorizar. Fui al...

  • omeumaiorsonho

    Eu segui ciêntifico os Natural e espalhei me no 12...

  • Isa Nascimento

    Atualmente, nas escolas secundárias, há uma convic...

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D