Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Little Crushed Heart

Aquilo em que me tornei

Little Crushed Heart

Aquilo em que me tornei

09
Ago18

Ser feliz sem motivos


Hikarry

Ontem passei o dia inteiro com febre e uma enorme dor de cabeça, não consegui ir a uma reunião que deveria ter ido, não fiz metade das coisas que deveria ter feito e eu literalmente explodia com qualquer coisinha.

Enfim, problemas, certo? Nada como uma enorme divida ou ter um grande acidente de carro, mas, mesmo assim, problemas. Mas consegui distrair-me, brinquei às bonecas com a minha própria cara, afoguei-me em Fox Comedy, passei um boa hora deitada na minha cama com o meu gato a fazer-me "massagens" nas costas enquanto tentava dormir para ver se a dor de cabeça parava.

E foi num desses momentos, com o meu gato nas minhas costas a fazer aquelas coisas esquisitas com as patinhas que os gatos fazem que senti uma espécie de luz, foi super estranho. Do nada, com a cabeça perdida em pensamentos, dei por mim a sorrir feita parva do nada e a gargalhar baixinho como uma idiota. Meus deus, à quanto tempo isso não acontecia! Eu estava feliz sem motivo nenhum! Não é que eu estivesse triste antes, estava neutra, mas do nada "BAM!" uma onda de felicidade!

Possivelmente vai demorar até que eu me sinta assim novamente, mas, quem se importa? Eu não! Porque foi tão bom sentir aquilo naquele momento!

E o melhor é que estar feliz sem motivo nenhum depende, única e exclusivamente, de nós. Não depende de nenhum fator ou de outra pessoa. Talvez ter pessoas que gostem de ti e se preocupem contigo te ajude a ter esses momentos mais vezes, mas depende tão mais de ti! E é tão bom!

 

22
Set17

Decisão


Hikarry

Se existe neste planeta uma pessoa desorganizada a dar com um pau, essa pessoa sou eu, mas gosto de ter tudo planeado nas minhas famosas listinhas "do que fazer". Uma coisa contraria a outra, eu sei. Tenho necessidade de controlar tudo o que faço - o que é um mau defeito -, mas quando chego à ação, a minha cabeça embrulha-se e fica perdida. Neste momento, estou sem o controlo do que quer que seja; só posso esperar pelo melhor e isso aflige-me. Demais.

Não me arrependo da decisão que tomei na passada quinta feira; vou continuar a lutar, sempre com aquele objetivo na minha cabeça, mas vou libertar-me a mim própria um pouco se não ainda vão dar comigo no Júlio de Matos. Não vou desistir dela, não vou. Só vou organizar a minha vida para continuar a lutar por ela, por mais que seja impossível algum dia a ter de volta; mas não é a palavra "impossível" que vai deitar esta menina a baixo, não senhora!

Tenho que ir com calma. Afinal não consigo dar uma volta de 180º na minha vida de um dia para o outro, por isso estou a ir devagarinho. É normal se lerem um desabafo ou outro mais ansioso por aqui, mas é quando me vou a baixo. Não se preocupem que eu cá só estou a organizar o terreno para lutar por aquela que amo, como os mais antigos aqui do blog já estão fartos de ouvir.

31
Ago17

Estou...


Hikarry

...vazia. Sinto-me vazia e ao mesmo tempo repleta de medo neste meu coraçãozinho.

O meu coração está apertado e estou numa melancolia danada, amedrontada de que "possa ser muito tempo...". Estou fechada no meu lado escuro.

Estou vazia. Estou quase sempre assim agora, quando não estou a entrar em paranoia.

Quero fazer uma coisa, mas não sei se espere como me foi aconselhado, ou se me atire de cabeça.

Não sei.

03
Abr17

Nos bastidores de mais um dia horrivel


Hikarry

Como quem acompanha o blog já sabe, os últimos tempos têm sido horríveis. E ainda não melhorou.

Já voltei a ganhar a minha mascara de volta e agora até me ajeito a fingir que estou bem e super feliz à frente das pessoas que não têm nada que levar com a minha deprimência, optando por chorar e sofrer sozinha...e com a minha psicóloga. Até a minha avó eu já retirei da lista de pessoas à frente das quais me permito chorar; sempre que o quero fazer na casa dela, pego nas minhas trouxinhas e vou para um piso térreo que ninguém usa e que desde criança me aterroriza, mas é um bom refugio.

 

 

02
Abr17

Primavera!


Hikarry

Então não é que parece que, finalmente, a Primavera chegou por estas bandas?

As temperaturas estão finalmente a subir, deixando para traz aquele tempo ranhoso de Inverno, as flores voltam a florescer, depois de terem sido destruídas pelo temporal da semana passada, já se vê pessoas a fugir das abelhas pelas ruas e de todos os bichinhos que agora saem das suas tocas. Ah, e as melgas. Velhas conhecidas minhas com quem tenho sempre problemas. Já vi pelo menos 2 gigantes em menos de 2 dias. E as raparigas com 13 anos que mal veem um raiozinho de sol já praticamente se descascam todas sem qualquer explicação, ficando doentes um tempo depois.

Na minha missão para ter um Instagram mais adorável, andei a tirar fotos por ai e, como não tenho jeito para a coisa, só uma ficou aceitável, mas nada de profissional, afinal foi tirada com um telemóvel segurado por umas mãos que passam a vida a tremer por causa da ansiedade constante.

 

 

 

Bem vinda, finalmente, Primavera. Já estava na hora.

 

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • omeumaiorsonho

    Um excelente ano lectivo ;)

  • Mia

    E ainda é só a primeira semana, vais ver que ainda...

  • Bia ❤️

    Boa sorteeeee!!! Tão bom acompanhar os teus dias d...

  • Marta Elle

    Tenho a impressão que temos mais facilidade em per...

  • Luísa de Sousa

    Bons estudos!BeijinhosFeliz Dia!

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D